Como planejar o calendário de férias da sua equipe

Como planejar o calendário de férias da sua equipe

Como sabemos, o trabalhador brasileiro tem direito a 30 dias de férias remuneradas após completar 12 meses de serviços prestados na empresa. O que é um alívio para seu colaborador, que poderá descansar e aproveitar o tempo livre da maneira que achar melhor, pode se tornar um problema dentro da sua empresa, e você não quer isto, certo?

O que acontece em muitos negócios é a falta de planejamento com relação ao momento em que cada funcionário entra de férias e como o serviço que o mesmo executa não ficará parado. Este problema é ainda mais sério quando tratamos de micro e pequenas empresas, que possuem equipe de trabalho reduzida. Se você não quer que este problema aconteça (ou se repita) em sua empresa, veja as dicas abaixo!

Legislação

Primeiramente, antes de planejar qualquer ação com relação às férias dos seus colaboradores você precisa conhecer um pouco sobre a legislação vigente para este assunto. No Brasil a legislação para o trabalho, incluindo as férias, é regulamentada pela CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). Vamos destacar alguns pontos primordiais que você deve levar em conta antes de planejar as férias dos seus funcionários (estes pontos já levam em consideração a reforma trabalhista de 2017):

  • Duração: 30 dias, podendo ser menor dependendo da quantidade de dias não trabalhados durante os 12 meses;
  • Fracionamento: o trabalhador pode optar por fazer um acordo com a empresa e fracionar seu período de férias em até três parcelas, sendo que pelo menos uma delas precisa ter, no mínimo, 14 dias e as demais não podem ter menos de cinco dias;
  • Data de início: o período de férias deve começar em, no mínimo, três dias antes do fim de semana ou de um feriado;
  • Venda: o trabalhador pode optar por “vender” uma fração do seu período de férias, ou seja, converter este período em pagamento. Porém tal período deve ser de, no máximo, 1/3 do tempo de férias;
  • Meio-período: agora trabalhadores de meio-período também podem tirar 30 dias de férias;
  • Comunicado e pagamento: a empresa deve comunicar o período de férias ao funcionário com até 30 dias de antecedência, e o pagamento do valor referente ao período deve ser feito em até dois dias antes de seu início;
  • Demissão: é proibida a rescisão do contrato de trabalho, por qualquer uma das partes, durante o período de férias.

Antecedência

Apesar dos prazos citados acima, você pode se reunir com seu funcionário, ou dar abertura para que o mesmo o faça, para discutir o período de férias com uma antecedência ainda maior. Esta postura é favorável para ambas as partes, uma vez que permite ao trabalhador a possibilidade de planejar melhor o que fará neste período, além de dar a você a chance de se preparar melhor para este período de ausência do seu funcionário.

Distribuição

Já que você seguiu o passo descrito acima e negociou antecipadamente as férias dos seus funcionários, você deve atentar para que estes períodos não se coincidam, ou seja, para que vários colaboradores não saiam de férias em um mesmo intervalo de tempo. Você deve tomar cuidado com isso principalmente se os funcionários exercem a mesma função.

Distribuição de funções

Quando sua equipe fica desfalcada por conta das férias de alguns funcionários, o restante que permanece trabalhando não pode ficar sobrecarregado com as funções de quem saiu. Este é mais um motivo para que colaboradores de um mesmo setor não saiam de férias ao mesmo tempo.

Para amenizar a sobrecarga durante este período você deve destinar as atividades daquele funcionário para os que tem habilidades semelhantes. Neste sentido, ter uma equipe alinhada e que conheça razoavelmente todas as atividades da empresa, ou grande parte delas, acaba ajudando. Assim você deve monitorar constantemente as habilidades dos seus colaboradores e mapear os “substitutos” de cada função que possa ficar em vacância.

Planejamento financeiro

Quando você já tiver planejado com segurança o calendário de férias da equipe, já será possível também se planejar para os pagamentos relacionados à esta questão. Como o funcionário que está saindo de férias tem direito a, além do salário do mês em questão, 1/3 deste valor. Assim, planeje-se para garantir a reserva deste valor com antecedência e não precisar buscar outras formas de realizar o pagamento, comprometendo o caixa da empresa.

Gestão de funcionários

É importante ter bem organizados os dados dos seus colaboradores para não se perder nas datas limites das férias de cada um. Softwares como o  Oficina Integrada e o Nuvem Gestor garante a inserção e gestão dos dados da sua equipe de forma simples e prática. Se você ainda não conhece estas soluções, clique aqui e veja mais.

Bom trabalho e conte sempre com a Mundomidia!

Oficina Integrada | Sistema de Gestão para Oficina Mecânicas

FAÇA SUA INSCRIÇÃOJunte-se a milhares de empreendedores como você. Faça parte da Lista VIP.