Saiba como escolher o melhor software para imobiliária

O uso de um bom sistema gerencial é importante em todo negócio que pretende acompanhar as mudanças tecnológicas e fazer parte da transformação digital do mercado. No ramo de imóveis não é diferente, mas a adoção de um programa dessa magnitude requer alguns cuidados. Por exemplo: ele deve ser responsivo, facilitar a interconectividade e permitir personalização conforme a estrutura da empresa, especialmente um software para imobiliária.

Além desses requisitos, o suporte e a segurança das informações precisam ser otimizados, contando com módulos robustos, armazenamento confiável e facilidade no acesso dos dados. Outros pontos ligados ao próprio funcionamento do empreendimento também são fundamentais. Confira detalhadamente a seguir:

Integração automatizada com o site e responsividade

Em tempos em que a interconectividade é cada vez maior — inclusive com o advento da chamada Internet das Coisas —, o mínimo que um bom ERP (Enterprise Resource Planning) precisa ter é uma integração automatizada com o site da imobiliária. Isso permite que os dados sejam compartilhados e acessados em módulos on-line, facilitando a análise de informações em diferentes locais e dispositivos.

Aliás, é importante que a versão on-line do sistema seja responsiva para agilizar a consulta e a manipulação desses dados em qualquer aparelho eletrônico.

Disponibilidade 24 horas por dia

Além de poder trocar e receber informações por meio do site, é fundamental que um software para imobiliária possa ser acessado 24 horas por dia, 7 dias por semana. Nunca se sabe quando será necessário avaliar alguma informação estratégica no sistema ou consultar algum dado para um cliente.

Nesse caso, opte por ERPs que estão armazenados na nuvem. O uso de Cloud Computing é fundamental não só pela acessibilidade, como também para agilizar a troca de informações entre equipe e clientes.

Cadastro atualizado de clientes

É importante que o ERP possua uma funcionalidade que permita atualizar constantemente o cadastro dos clientes, podendo até enviar mensagens para eles solicitando atualizações. Sabe quando entramos no nosso e-mail, em uma rede social ou em um sistema bancário e a plataforma pede confirmação do telefone ou do endereço? Então, esse tipo de aplicação traz bons resultados para a evitar que os cadastros fiquem defasados.

Além disso, um ERP deve fornecer formas de manter contato constante com o cliente, pois essa é a melhor maneira de garantir que ele mantenha seus dados em dia.

Um histórico de clientes também permite avaliar informações e planejar novas vendas com base nos hábitos e nas motivações dos que realizaram compras com seu negócio.

Integração com um CRM

A integração com uma aplicação CRM (Customer Relationship Management) é fundamental para a gestão do relacionamento com a persona do seu negócio, o que também ajuda na atualização dos seus dados. Esse sistema permite gerenciar sua carteira de clientes de forma dinâmica e prática, facilitando o contato e a manutenção de uma relação no longo prazo.

Histórico de imóveis

O ERP deve possibilitar a gestão da carteira de imóveis de forma dinâmica e simplificada tanto daqueles disponíveis para venda, quanto para locação.

Ele deve poder ainda contar com um histórico de longo prazo. Isso porque quanto maior a sua capacidade de armazenamento dessas informações, melhor para a imobiliária conseguir traçar estratégias de vendas com base em hábitos e eventos ocorridos no passado.

Suporte de grande volume de arquivos

A venda de imóveis pela web depende de fotos com qualidade e em ampla variedade. Portanto, o ERP escolhido deve ser capaz de suportar uma grande quantidade de imagens sem prejudicar a resolução delas. Também deve permitir o upload de vídeos em HD dos imóveis, pois esse tipo de mídia tende a ampliar as chances de venda.

Um software para imobiliária não deve ser só uma plataforma operacional, mas precisa garantir informações estratégicas que ajudem a imobiliária a captar clientes e melhorar seu desempenho. Por outro lado, é importante avaliar o custo-benefício da implantação e a demanda necessária de treinamento para os funcionários poderem manuseá-lo.

Depois dessas dicas para a escolha do melhor software para imobiliária você se sente mais preparado ou ficou alguma dúvida? Conte para nós nos comentários!

FAÇA SUA INSCRIÇÃOJunte-se a milhares de empreendedores como você. Faça parte da Lista VIP.