Como instaurar uma política de cobrança na sua empresa

Está com problemas em receber dos clientes? Que tal adotar uma política de cobrança?

Vender a prazo é arriscar, pois você vende um produto para o cliente sem a garantia que vai recuperar esse investimento de volta. Por isso, deve-se buscar meios para resgatar esse valor o mais rápido possível, para não prejudicar o fluxo de caixa da sua empresa.

O ideal é evitar pagamentos a prazo. Ofereça descontos para vendas à vista. Disponibilize a opção de pagamento via cartão de crédito, é mais seguro para você e para o cliente. Busque também evitar pagamentos em cheque.

Nos demais casos de vendas à prazo, existe a Política de Cobrança que informa para o cliente quais medidas da sua empresa quanto a atrasos em pagamentos. Possuir esse tipo de documento é se preservar quanto a possíveis problemas de pagamento de clientes, além de passar uma imagem mais profissional.

Quando uma empresa possui suas políticas definidas, a probabilidade de um cliente em débito normalizar sua situação é alta. O principal objetivo desse documento é promover práticas que leve a um acordo com o cliente inadimplente. Para isso, você vai precisar colocar algumas ações em prática.

Primeiramente, ao realizar uma venda, você pode consultar os dados do cliente em órgãos como o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e o Serasa. Esses sistemas identificam se o cliente é inadimplente em outras lojas e qual a sua reputação perante a pagamentos.

Você também precisa administrar muito bem o controle de contas a receber e quando elas devem ser cobradas. O ideal é possuir um sistema de gerenciamento on-line onde é possível gerenciar todas as contas a receber, liga-las ao cadastro do cliente e também poder enviar lembretes de cobrança automáticos e agendados para o e-mail ou SMS no celular do cliente.

Antes de cobrá-lo, procure avaliar o perfil do cliente. Se este costuma atrasar o pagamento cerca de 5 dias, todo mês, é desnecessário você cobrá-lo até essa data. Nesses casos, deve-se conhecer a razão do atraso e renegociar uma nova data.

Disponibilize sua política de cobrança no seu site, para que o cliente tenha livre acesso e entenda as consequências. Explique os prazos, quais são as atitudes tomadas em até 10,15, 30 dias de atraso. Explique detalhadamente quais são as providências tomadas, inclusive qual período você entra com ações judiciais e afins.

Vale destacar que a política de cobrança são recomendações para recuperar o crediário e reduzir os danos. Por si só, não é capaz de minimizar o número de devedores. É calcular o risco, ter ciência dele e mostrar para o cliente as consequências do não pagamento.

Se você trabalha no setor de imóveis, a Mundomídia possui um exemplo de carta cobrança para você utilizar na sua empresa, que tal conferir?

Exemplo de carta cobrança

FAÇA SUA INSCRIÇÃOJunte-se a milhares de empreendedores como você. Faça parte da Lista VIP.