A melhor forma para cobrar clientes inadimplentes

Cobrar clientes inadimplentes com certeza é um dos momentos mais difíceis e constrangedores em uma empresa. Por maior que seja a dívida, ou o tempo de inadimplência, ainda é uma situação desconfortável.

Porém, nenhuma empresa pode sobreviver se começar a “deixar passar” um cliente inadimplente ou outro. Com o tempo o impacto no caixa pode se agravar e a situação torna-se insustentável.

Você, empreendedor, não precisa se preocupar quando chegar o momento de cobrar um cliente inadimplente. Esta é uma situação comum a todas as empresas e todos nós estamos sujeitos a ela. Hoje vamos ver algumas boas práticas para realizar estas cobranças.

Cordialidade
Sinceridade
Negociação
Dados atualizados

Cordialidade

A primeira regra para se ter mais eficácia na cobrança de clientes devedores é justamente a cordialidade no tratamento com os mesmos, independentemente de quanto eles devem, ou a quanto tempo.

Imóvel Integrado

Você pode ter certeza que boa parte dos inadimplentes não está nesta situação por pura má fé. Muitos acabaram se planejando mal financeiramente, foram surpreendidos por situações adversas, ou outras questões.

Mas até mesmo para aqueles que tem o costume de ter o “nome sujo na praça”, um tratamento cordial pode ser o diferencial necessário para se conseguir o recebimento, pois acaba o surpreendendo.

De qualquer forma, o ideal é evitar um conflito acalorado, tratar a situação da forma mais pacífica possível, para não se criar um clima de inimizade e, então, conseguir seguir para um caminho de conciliação.

Sinceridade

Existem duas possibilidades envolvendo clientes inadimplentes: ou ele está te devendo e nem tem noção disso, ou então ele tem plena consciência de que está em débito com a sua empresa. Em ambos os casos você precisa jogar aberto.

No primeiro caso, seu cliente precisa saber sobre a dívida para planejar o futuro pagamento. Até mesmo porque, em algumas situações, as dívidas podem estar ocorrendo com outras empresas.

E se o seu cliente já está ciente da sua dívida, não há motivo para “rodeios”. Vá direto ao ponto, com a cordialidade citada acima, para tentar solucionar esta situação o mais rápido possível.

Negociação

Em muitos casos os valores devidos acabam se acumulando e o montante final vai ficando cada vez mais difícil de ser pago. Isto aumenta as chances de um “calote”, a não ser que você proponha uma negociação.

O cenário ideal seria o de você receber tudo o que é devido, com correções de juros e tudo mais, mas é preciso ter em mente que receber pelo menos uma parte da dívida, ou parcelar este recebimento, é melhor do que não receber nada.

Além disso, normalmente há o desejo por parte do devedor em quitar seus débitos, porém quanto maior se torna o valor, maior a dificuldade em pagá-lo. Uma simples negociação pode ser o que faltava para você receber o que era devido, e ainda abrir as portas para que ele continue sendo seu cliente, pagando em dia.

Dados atualizados

Um dos maiores problemas enfrentados por empresas no momento da cobrança de inadimplentes é justamente não conseguir contato com os mesmos para informar a dívida ou propor uma negociação.

Isto acontece quando se passa muito tempo sem uma atualização dos dados cadastrais do cliente. Ele pode ter trocado o telefone da empresa, o e-mail de contato, ou até mesmo o endereço. Se isto não for alterado em seus registros, é como se ele deixasse de existir para você.

Não podemos nos esquecer dos que agem de má fé e mudam constantemente os contatos justamente para fugir de cobradores. Esta é uma parcela bem menor da população, mas existem e devem ser levados em conta.

Desta forma, busque constantemente entrar em contato com seus clientes e atualizar seus dados cadastrais. Isto é importante não só no momento da cobrança, mas para diversos outros momentos na jornada do cliente em sua empresa.

Oficina Integrada - Sistema de Gestão Online

FAÇA SUA INSCRIÇÃOJunte-se a milhares de empreendedores como você. Faça parte da Lista VIP.