4 dicas comportamentais para o bom atendimento ao cliente

A diferença entre o sucesso e o fracasso na conquista de novos clientes, ou até mesmo na manutenção dos atuais dentro da empresa, está cada vez mais ligada a pequenos detalhes, já que a qualidade dos produtos/serviços vem se igualando.

Até mesmo se o que você oferta ao mercado se destaque da concorrência, outros fatores vêm se destacando na consideração de valor dos clientes. Por isso você deve ficar atento aos detalhes, e hoje vamos apresentar alguns fatores comportamentais que podem parecer simples, mas fazem toda a diferença.

Igualdade

O fato de que qualquer ser humano deve ser tratado da mesma forma, sem distinção, já está em nossa legislação há bastante tempo, porém o que está escrito nem sempre é praticado. Por sorte, este cenário está mudando e sua empresa não pode agir de forma diferente.

Oficina Integrada - Sistema de Gestão Online

A intenção desta dica não é mudar suas ideias sobre o mundo, mas sim mostrar que seu negócio está no mercado, e este é extremamente heterogêneo. Desta forma, não faz mais sentido tratar clientes de forma diferente por questões de gênero, classe social, religião, raça, região, etc.

É preciso entender que todos são potenciais clientes e, ao se sentirem discriminados, podem tomar as ações previstas em lei com relação a isso, além de se tornarem possíveis detratores da sua empresa.

Simpatia

Ter atendentes educados, sempre com um sorriso no rosto e se mostrando preocupados com a demanda do cliente cria um ambiente muito favorável às vendas em sua empresa, por isso este comportamento deve ser valorizado e trabalhado em sua equipe.

Ser bem atendido é muito valorizado em um tempo onde temos robôs atendendo via chats online, e o contato humano é cada vez menor. Isto traz uma satisfação capaz, inclusive, de fazer o cliente relevar um preço acima do concorrente, ou até mesmo pequenas falhas no produto/serviço.

Agilidade

Se o cliente te apresenta uma demanda, ele espera que a mesma seja resolvida o mais rápido possível. A falta de agilidade pode demonstrar descaso por parte do funcionário, ou da empresa, gerando uma imagem negativa.

Já por outro lado, um atendimento ágil, que soluciona a “dor” do cliente rapidamente, é valorizado. Só não pode se confundir atendimento ágil com, simplesmente, rápido, pois o segundo pode ser feito de qualquer maneira e não apresentar o resultado esperado.

Atenção

Outro pequeno detalhe do atendimento que em muitos casos passa desapercebido é a atenção ao que seu potencial cliente está apresentando. É comum vermos atendentes agindo como robôs. Podem até ser simpáticos, educados e ágeis, mas atendem sempre com uma resposta padrão, sem se aprofundar na real necessidade daquela pessoa.

Este tipo de atendimento acaba irritando o cliente, pois não é apresentado a ele, de imediato, a solução que ele busca, sendo necessário repetir informações, rever sua explicação, etc. Fora o risco de se perceber tal erro algum tempo depois da negociação realizada, o que gera uma frustração ainda maior.

Por mais que a empresa tenha padrões de atendimento, o colaborador não pode ficar “engessado” na busca por soluções. Esta falha pode ser, em parte, culpa do próprio funcionário que não busca mais conhecimento, e também falha da empresa que não o treina de forma suficiente. De qualquer forma, é necessário mudar esta situação.

Nuvem Gestor | Sistema de Gestão Online

FAÇA SUA INSCRIÇÃOJunte-se a milhares de empreendedores como você. Faça parte da Lista VIP.