Você é um Microempreendedor Individual?

Saiba o perfil do microempreendedor brasileiro e veja se você se encaixa!

Em 2009, surgiu a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, que veio com o intuito de formalizar esse nicho para beneficiar os empreendedores. Motivos não faltam para buscar a formalização. Em média, das empresas que foram formalizadas, 55% conseguiu aumentar o seu faturamento, sendo que 52% melhorou o controle financeiro e 54% ampliou os investimentos.

O microempreendedor brasileiro costuma faturar, em média, R$5 mil/mês. As vantagens é que ele paga carga reduzida de impostos: cerca de 5% do salário mínimo, além do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços ICMS) e o  Imposto sobre Serviço de Qualquer natureza.

Ele também tem direitos da previdência social, como aposentadoria, auxílio doença, licença maternidade e outros. Ademais esses direitos pessoais, ainda é de direito a cidadania empresarial, como possuir um CNPJ, poder emitir notas fiscais e ter o direito ao crédito para pessoa jurídica.

Avaliando o perfil do microempreendedor, são homens e mulheres, entre 25 e 39 anos. A maioria possui ensino técnico completo e vive na região sudeste. Grande parte trabalha em casa, no ramo de serviços e comércio e não possui outra fonte de renda. As razões pelas quais formalizaram seus negócios foi possuir um CNPJ e conseguir emitir nota fiscal.

É notória a grande participação de mulheres no setor microempreendedor. Os ramos que elas mais participam são no comércio de roupas, calçados, lingerie. Destacam-se também na indústria da beleza, como cabeleireiras, maquiadoras, manicures e designers de sobrancelha. Ainda, atuam no ser alimentício, como lanchonetes, restaurantes, padarias e mini mercados.

Em um país onde as taxas de desemprego estão elevadas e a busca por trabalho tornou-se algo cada vez mais difícil de se alcançar, empreender é uma excelente alternativa. Há muitos incentivos para se abrir um negócio, além dos infinitos nichos no mercado.

O primeiro passo é se enxergar como empreendedor e definir qual ramo você deseja atuar, quem será seu cliente, quais soluções você vai vender para ele. Depois precisa planejar passo a passo as ações que irá realizar para desenvolver cada área da sua empresa.

É essencial que você contrate um sistema de gerenciamento on-line pois ele vai te ajudar nas principais atividades operacionais da sua empresa, como fazer o controle da situação financeira, desde o fluxo de caixa até contas a pagar e receber. Também ajuda com o cadastro de clientes, fornecedores e produtos, oferecendo, inclusive a função de controle de estoque.

Com este software fica fácil, fácil gerenciar a sua empresa.

 

 

nuvem-gestor

FAÇA SUA INSCRIÇÃOJunte-se a milhares de empreendedores como você. Faça parte da Lista VIP.