Por que você não deve atrasar o pagamento de tributos

Impostos e mais impostos, por motivos diferentes, em datas diferentes. Entenda os principais riscos em atrasar esse tipo de conta.

Ter uma empresa é lidar com o risco da instabilidade do caixa. Por exemplo, no comércio, as vendas são mais intensas no início do mês, pois é quando a maioria dos consumidores recebem seus salários e vão às compras. O fim do mês costuma ser um período de baixas vendas, mas às vezes temos contas para pagar nessa época e acabamos adiando. Porém, quando o assunto são os tributos do governo é importante não deixar para depois. O governo tem um sistema de “punições” para você colocar o pagamento desses encargos como uma prioridade na sua empresa. Dá uma olhada:

 

Juros e multas

Se você não pagar em dia as obrigações tributárias da sua empresa, são cobrados juros e multas sobre esse valor, o que resulta em um aumento considerável em relação ao custo original. Essas multas costumam ser tão altas, que contadores indicam pedir um empréstimo em um banco (cujas taxas também são bastante altas) para cobrir essa pendência com o governo.

Não há como determinar uma regra para o pagamento desses impostos em atraso, pois a maioria dos encargos recaem sobre o faturamento da empresa. Além disso, cada tributo tem a sua forma de calcular, bem como as alíquotas específicas para multas e juros por atraso. Alguns impostos chegam a cobrar multa por dia de atraso, por isso tome muito cuidado.

 

Proibido participar de licitações públicas

Uma outra punição é que a empresa não pode participar de licitações até regularizar sua situação. Portanto, se seu cliente foco são os órgãos públicos, atrasar qualquer pagamento de impostos é um verdadeiro “tiro no pé”.

 

Negação a linhas de crédito

Caso não pague os impostos, sua empresa pode ficar como inadimplente, sendo impossível conseguir um empréstimo bancário, pois várias linhas de crédito especial rejeitam esse tipo de caso.

Cuidar da saúde financeira do seu negócio é essencial para que ele seja um sucesso, não se embaralhe com questões tributárias que podem levar a rombo no seu caixa ou até mesmo ao fim da sua empresa. Um sistema de gerenciamento on-line pode te ajudar com questões de contas a pagar, contas a receber, emissão de relatórios sobre o controle financeiro e várias outras soluções que vão ajudar na administração da sua empresa.

 

Possui uma loja virtual? Então você precisa ler esse texto sobre os tributos referentes a esse setor (Questões tributarias de lojas virtuais fique por dentro).

 

loja-virtual-up-lojas

 

FAÇA SUA INSCRIÇÃOJunte-se a milhares de empreendedores como você. Faça parte da Lista VIP.