Empresas poderão abrir conta pela internet

Empresas poderão abrir conta pela internet

A maioria dos empreendedores tem uma agenda lotada, repleta de atividades ao longo do dia. Com certeza questões ligadas aos bancos consomem boa parte deste tempo, mas esta realidade está começando a melhorar.

No final de novembro de 2018 o Conselho Monetário Nacional (CMN), composto pelos Ministérios da Fazenda, do Planejamento e pelo Banco Central, decidiu por liberar a abertura de contas em bancos por empresas via internet. A novidade já está em vigor.

Nuvem Gestor | Sistema de Gestão Online

Abertura de contas pela internet

O avanço tecnológico chegou aos bancos e, hoje, grande parte das movimentações financeiras já podem ser feitas online. Até 2017 a abertura de contas neste modelo era restrita à pessoa física.

Este cenário começou a mudar a partir de 2017, quando Microempreendedores Individuais (MEI) passaram a também poder abrir contas pela internet, sem a necessidade de ir até a agência do seu banco.

Agora, empresas de qualquer porte já podem utilizar a internet para abrir contas bancárias e, assim, fugir das filas nas agências. Esta medida visa reduzir a burocracia para empreendedores e incentivar a concorrência entre bancos e agências financeiras, incluindo no processo as chamadas fintechs, startups do setor financeiro.

Regras continuam

As contas de empresas, que agora podem ser abertas pela internet, ainda devem seguir as mesmas regras das que antes só poderiam ser abertas nas agências bancárias. Ou seja, a regra é válida para as contas de depósito normais.

O empreendedor poderá abrir contas correntes que oferecem a livre movimentação, como emissão de cheque, crédito especial e investimentos. Já as contas exclusivamente eletrônicas, que não cobram taxas do usuário caso a movimentação seja feita pela internet ou por caixas eletrônicos, continuam exclusivas para pessoas físicas.

Já as chamadas contas “pré-pagas”, que só permitem a retirada de recursos previamente depositados nas mesmas, também passam a estar disponíveis para pessoas jurídicas.

Também continua obrigatória por parte dos bancos a comprovação da existência e identidade da empresa, além de outras medidas para evitar fraudes, como lavagem de dinheiro e outros crimes.

Imovel Integrado - Gestão para Imobiliárias e Corretores

FAÇA SUA INSCRIÇÃOJunte-se a milhares de empreendedores como você. Faça parte da Lista VIP.