Desafios que o RH vai enfrentar no pós-pandemia

A pandemia de coronavírus modificou a rotina do mundo todo e essas mudanças, é claro, chegaram até às empresas, principalmente ao setor de RH. Afinal, sendo o departamento que lida diretamente com as questões envolvendo a equipe humana do seu empreendimento, os profissionais do RH precisaram se reinventar para poder acompanhar as mudanças no cenário.

Entre elas, podemos destacar as questões que nos afetaram cotidianamente. Um bom exemplo, é a quantidade de colaboradores que foram direcionados ao trabalho de home-office e o que era presencial, passou a ser remoto. Como controlar a rotina e acompanhar as necessidades da equipe, tornou-se um desafio.

E não apenas isso. A verdade é que o cenário pós-pandemia tende a intensificar esse método de trabalho menos presencial e cabe ao setor de RH encontrar maneiras de continuar prestando o seu serviço, mas driblando novos desafios.

Afinal, é possível se preparar para a mudança do cenário empresarial, após o fim da pandemia?

Uma gestão mais humana será o ápice

Vamos iniciar falando sobre a predominância de uma gestão mais humana dentro das empresas. A pandemia não mudou apenas a rotina de trabalho, mas modificou a estrutura familiar dos colaboradores, que podem ter perdido entes queridos e isso impacta diretamente em sua vida.

Além disso, a dinâmica do home-office também aproximou casa e trabalho. Mesmo com toda a organização empresarial voltada para a manutenção da produtividade, alguns detalhes cotidianos passaram a fazer parte do ambiente administrativo. Ou ninguém ouviu uma criança chamando a mãe ou um cachorro latindo para um transeunte?

A gestão mais humana, que compreende e acolhe, não será mais uma tendência e, sim, uma realidade pós-pandemia. Para tanto, a equipe de RH deverá realizar um trabalho ainda mais próximo e flexível, a fim de melhorar a qualidade de vida dentro do trabalho.

Algumas tendências vieram para ficar

Muitas empresas perceberam que o trabalho em home-office é mais vantajoso. Menos custos de manutenção, menos riscos aos trabalhadores se deslocando, mais produtividade influenciada por uma rotina menos estressante. Todos esses fatores contribuíram para tornar o home-office uma realidade que veio para ficar.

O setor de RH, apesar de compreender essa mudança benéfica aos outros departamentos, ainda está se adequando a esse método de trabalho distante. Hoje, muitas contratações já são feitas totalmente online, mas ainda é preciso organizar melhor as novas orientações, que agora visam mais o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal do colaborador.

FAÇA SUA INSCRIÇÃOJunte-se a milhares de empreendedores como você. Faça parte da Lista VIP.