Como utilizar e-mails para venda ou aluguel de imóveis

Graças ao avanço tecnológico, cada vez mais surgem meios de contato via internet que conectam as pessoas e, por consequência, empresas e seus clientes, com cada vez mais praticidade.

Mesmo com tantas novidades, os modos pioneiros de contato online não podem ser esquecidos, e o principal deles é o e-mail. Ele ainda é uma excelente ferramenta para corretores e imobiliárias.

Podemos dizer que ele alia praticidade e segurança, uma vez que o envio é imediato, mas as mensagens podem ser consideradas como documentos válidos juridicamente. Desta forma, hoje vamos apresentar como utilizar o e-mail na venda ou aluguel de imóveis.

Assunto de acordo com a mensagem

Todos os dias, nas caixas de entrada dos nossos e-mails, chegam diversas mensagens dos mais diferentes tipos, cada um usando um assunto que chame a atenção e te leve a abri-lo. Mas nem sempre o conteúdo do e-mail está ligado ao assunto, o que gera frustração.

Imóvel Integrado

Desta forma, você precisa ser o mais assertivo possível no assunto do seu e-mail. Não tente criar falsas expectativas em quem recebe, e nem escreva algo que não vá se destacar. Mostre de cara o que você está apresentando, principalmente se este não for o primeiro contato.

Seu cliente pode estar esperando uma resposta por e-mail, por exemplo, então para ter mais resultados, você não pode ser apenas mais um, mas sim se destacar, apelando para o interesse do destinatário na sua mensagem.

Personalização

Como já foi dito, somos bombardeados por mensagens de e-mail, muitas delas automáticas e com pouco, ou nenhum, caráter pessoal. Ao utilizar uma personalização, seja no assunto ou no corpo do e-mail, você com certeza já se destacará.

Esta personalização pode ser feita de diferentes formas. Você pode utilizar o nome do cliente, da cidade, bairro, etc. Se você não utiliza um sistema de gerenciamento que possui a funcionalidade de disparo de e-mails, esta personalização deverá ser feita manualmente. Mas já existem sistemas que permitem adicionar campos personalizados no e-mail, e estes são substituídos, no disparo, por dados cadastrados previamente.

Modelos padronizados

Como dito acima, personalização é uma ótima estratégia para dar mais efetividade ao seu e-mail. Porém é possível automatizar este processo, sem perder o caráter pessoal da mensagem.

Criar modelos de e-mail padronizados, com espaço para personalização (inclusive da oferta de imóvel) você tende a ganhar muito em produtividade, já que não perderá tempo escrevendo e-mail por e-mail.

Você pode criar modelos de e-mail distintos para diferentes situação que acontecem com frequência e, quando for o caso, aí sim utilizar o e-mail escrito individualmente.

Revisão da ortografia

Pode parecer uma dica simples, mas justamente por isso passa desapercebida em muitos casos. Todos nós somos passíveis de erro durante a escrita de um e-mail, por isso é importante tomar ações para não o deixar passar.

Seja em modelos prontos, ou em e-mails individuais, faça sempre uma leitura depois de escrever tudo. Se possível peça a outra pessoa para ler também. É mais fácil alguém que nunca teve contato com o texto encontrar algum erro do que quem o escreveu.

Organização do texto

Você já se deparou com aquele texto onde você precisa sempre voltar algumas linhas para entender a mensagem? Ou então está escrito de uma forma a qual até te desanima de continuar lendo? Seu cliente não pode ter esta opinião sobre o seu e-mail.

Organize seu texto da melhor forma possível. Evite o uso excessivo de caixa alta (caps lock), formatações diferentes e variações de cor. Deixe estes efeitos apenas para os pontos que você deseja destacar. E nunca utilize mais de um ao mesmo tempo.

Experimente, também, organizar seu texto em tópicos sempre que possível. Esta estrutura facilita a compreensão da mensagem por parte do leitor, além de ser esteticamente agradável.

Chamada para ação

O termo “Chamada para Ação”, do inglês “Call to Action” (CTA) nada mais é do que a utilização de uma frase, palavra ou botão que leva o usuário, neste caso o leitor do e-mail, a realizar uma nova ação.

Para o caso da venda ou aluguel de imóveis, o CTA pode ser utilizado para levar o potencial cliente ao seu site, mas especificamente à página do imóvel divulgado. Você também pode levar a uma conversa pelo WhatsApp, ou então ao link de uma fatura.

O importante aqui é sempre tomar o cuidado para não ter muitas CTA’s no mesmo e-mail. Quanto mais chamadas, mais confuso o leitor ficará e menor será a chance de ele escolher uma delas para acessar.

Assinatura

É essencial encerrar qualquer mensagem de e-mail com a sua assinatura. Ela serve, inicialmente, para identificar melhor o remetente, mas tem outras funções.

Na assinatura você pode inserir outras formas de contato, dando mais opções ao seu cliente. Você também pode inserir o número do seu CRECI, para maior credibilidade.

Modelos de Site para Imobiliárias e Corretores

FAÇA SUA INSCRIÇÃOJunte-se a milhares de empreendedores como você. Faça parte da Lista VIP.